F7f35284 f6d0 4733 ab94 8db7b62fa2e7

Há 3 anos, o talentosíssimo Robin Williams perdeu a guerra que travava com a doença de Parkinson e também a depressão que infelizmente o levaram a cometer suicídio. Pensando em trazer à memória a lembrança do ator, não essa lembrança de perda e tristeza, mas de sorrisos, alegrias e amor, porque basicamente a filmografia dele é sobre isso, e os encantos que a vida pode proporcionar mesmo em meio às adversidades. Resolvi separar uma lista com 6 filmes da sua carreira, para você relembrar momentos emocionantes e divertidos da sua trajetória no cinema, confira:

Sociedade Dos Poetas Mortos (1989)

O filme conta a história do professor de poesia John Keating,  o nosso “capitão”, que leciona na Escola preparatória para jovens, a Academia Welton, uma instituição com valores tradicionais e conservadores. Durante suas aulas, Keating inspira os alunos a persistirem em seus sonhos de uma forma sábia, através do bom-senso e claro, da poesia. No elenco temos rostos conhecidos do cinema, que na época eram muitos jovens, como Ethan Hawke (Antes Do Amanhecer, A Entidade, BoyHood), e Robert Sean Leonard (Dr House). Particularmente, esse é um dos meus filmes favoritos do Robin Williams, mas também sou suspeito, já que sou apaixonado por poesias e filmes da década de 80. O filme tem cenas marcantes, e mostra a importância de querer lutar por um ideal, e embora ele seja um belo filme, tem momentos tristes também, então prepara o lenço, deixa ele do lado, porque você vai precisar em certo momento da narrativa se for um chorão ou chorona. Então, “Carpe diem”, aproveitem o filme ao máximo e tornem ele especial em suas vidas como eu fiz.

Curiosidade: O filme ganhou o Oscar na categoria melhor roteiro original, e recebeu 3 indicações nas categorias melhor ator para Robin Williams, melhor diretor para Peter Weir e melhor filme. Recebeu também indicações ao Globo de Ouro.

Alladin (1992)

Uma das animações clássicas da Disney, que mostra a história de Jasmine, a princesa que depois de fugir do palácio, se apaixona por Alladin, um jovem que vive nas ruas. Juntos eles irão enfrentar o temido vilão conhecido como Jafar, que fará de tudo para se casar com Jasmine, e ele também quer a lâmpada mágica, morada de um um gênio, que concede três desejos a quem possuir a lâmpada. Robin Williams, além de narrar a história, dubla o personagem do gênio que foi criado baseado no próprio Robin.

Quando o ator soube que o gênio tinha sido feito especialmente pra ele, acabou caindo na gargalhada. A animação foi dirigida por John Muskes e Ron Clements, e na época do lançamento do filme os críticos elogiaram muito Robin Williams como o gênio. Alladin ganhou dois Oscar pela trilha sonora e a canção original “A whore new world”. Robin Williams ganhou um prêmio especial no Globo de Ouro por sua atuação como o gênio da lâmpada.

 

 

Uma Babá Quase Perfeita (1993)

É um dos filmes de maior sucesso da careira de Robin Williams e foi exibido diversas vezes na Sessão da Tarde (Globo). Na história, Daniel Hillard está recém-separado da sua mulher e resolve se disfarçar como uma velha senhora, a madame Doubtfire, para ir trabalhar como babá dos seus próprios filhos. Essa aproximação que Daniel quer ter com os filhos causam muitas confusões bastante divertidas e que certamente você vai rir. Nesse filme conhecemos a pequena Mara Wilson, que fez muito sucesso na pele da linda e doce ‘Matilda’ (1996), que também foi outro clássico da Sessão da Tarde, e ainda é exibido vez ou outra atualmente. Uma Babá Quase Perfeita foi realizado por Robin Williams e o diretor Chris Columbus, e eles reataram a parceria em ‘Nove Meses’ (1995), e O ‘Homem Bicentenário’ (1999).

 

 

 

 

 

 

Jumanji (1995) Esse eu não poderia deixar de mencionar, porque é outro clássico das minhas tardes em frente à Tv, e assisti muitas vezes. Recentemente ele foi exibido no SBT e fiquei feliz em vê-lo novamente. Jumanji é um jogo de tabuleiro que a medida que os dados rolam, elementos mágicos vão surgindo e se misturando com os da vida real. O filme é bem divertido e leve, pode assistir com toda a família sem problema nenhum. Kirsten Dunst (Homem-Aranha), aparece ainda bem novinha como uma das aventureiras de Jumanji. Em 2018 o longa vai ganhar uma sequência intitulado Jumanji- Bem-Vindo à Selva, como Dwayne Johnson (Velozes E Furiosos 8), Jack Black ( O Amor Não Tira Férias) Kevin Hart ( Todo Mundo Em Pânico 3) e Karen Gillian.

 

 

O Casamento Do Ano (2013)

http://casamenteiras.casare.me/wp-content/uploads/2015/12/Filme-O-Casamento-Do-Ano.jpg

O filme teve muita crítica negativa, mas não vejo motivos para tanta falatória assim, talvez tenha sido pelo fato de ter um puta de um elenco em um filme bem pastelão. Mas ele é bem divertido, eu recomendo que vejam, e caso odeiem, podem me xingar, não galera, sem xingamentos, ok? Só de ver Robert De Niro e Susan Sarandon fazendo um casal nesse filme, vale a pena. Esqueci de contar a história do filme, me empolguei com elenco. Então é o seguinte, Missy e Alejandro são amigos desde pequenos e estão prestes a se casar, viu? Amigos também se casam, bom, pelo menos nos filmes ainda acontece. E Alejandro vai receber no bendito casamento quem? Sua mãe biológica, porque ele é adotado por Robert De Niro e Diane Keaton, e o problema é que sua mãe biológica é muito religiosa e contrária ao divórcio. Daí, Alejandro pede para seus país adotivos que estão separados, fingirem que ainda estão casados e felizes, para sua mãe não desconfiar de nada. Mas a confusão é certa em meio a tantas mentiras. Na trama, Robin Williams interpreta um padre. Sei que é arriscado me crucificarem de cabeça para baixo, mas confesso que gostei muito do filme e ri pra caramba, me julguem, ou assistam também. O elenco ainda conta com Katherine Heigl (Grey’s Anatomy), Topher Grace (Idas E Vindas Do Amor) e Amanda Seyfried (Querido John).

Boulevard (2014)

Em Boulevard ou Avenida, soa meio estranho falar avenida, mas na trama faz sentido. Somo apresentados à Nolan, um homem na faixa dos 60 anos que vive em uma rotina, e está acomodado com ela, até que um dia ele se depara com um jovem chamado Léo em uma avenida, olha a avenida aí, quando voltava para casa, e a partir desse encontro, Nolan começa a relembrar seus passado e também modificar sua vida do presente em um caminho de auto-descoberta. Esse filme tem uma pegada mais dramática, com uma narrativa mais lenta em relação ao outros já citados na lista. Boulevard foi uma das últimas atuações de Robin Williams.

 

Espero que gostem da lista, mas se não gostarem, eu aceito críticas via Sarahah, estou rindo aqui, mas é de nervoso. Brincadeiras à parte, eu quero dizer que é muito legal ter um espaço para comentar com vocês um pouco sobre o mundo espetacular do cinema. E realmente quero que nossos encontros aqui sejam bastante proveitosos. Sempre com dicas de filmes, comentários e com o feedback de vocês que é o mais importante. E realmente eu possuo Sarahah, caso queiram falar alguma coisa em anônimo, podem enviar mensagem para Dayvs.sarahah.com

Até outrora galera!